Os Benefícios da Goiaba para a Saúde

A goiaba é um fruto originário da América tropical. O fruto possui formatos diferentes, coloração da casca verde-amarela variável de acordo com a maturação do fruto, polpa de coloração branca, rosada ou vermelha e interior preenchido por sementes que podem ser ingeridas sem problema.

É um fruto rico em vitamina A, B1, C, cálcio, fósforo, ferro e fibras solúveis. Todas as espécies podem ser utilizadas in natura, forma que ativa os nutrientes do fruto. Na culinária, pode-se preparar com o fruto a geleia de goiaba, suco de goiaba, doce de goiaba e outros.

Os Benefícios da Goiaba

  • A goiaba é rica em vitamina C. Essa vitamina ajuda no combate aos radicais livres, responsável pelo envelhecimento precoce. A goiaba vermelha possui níveis de vitamina C de 4 a 5 vezes superiores aos da laranja.
  • Ajuda no combate a anemia por conter ferro, estimulante da produção de hemoglobina.
  • Graças a sua riqueza em fibras, auxilia na regulação do sistema intestinal, controle da taxa de glicose, reduz os níveis de triglicérides e colesterol ruim (LDL) do organismo.
  • Alivia a diarreia. As fibras solúveis da goiaba provocam o retardo do funcionamento intestinal. Quem possui constipação e prisão de ventre deve evitar o consumo de goiaba.
  • Fonte de licopeno, substância que é um potente antioxidante natural (não produzido pelo corpo humano) e combate os radicais livres que, em excesso, comprometem o bom funcionamento do organismo e aceleram o seu envelhecimento. Estudos demonstraram que dietas ricas em licopeno contribuem na diminuição do risco de doenças cardiovasculares e certos tipos de câncer.

Esse fruto não possui muito açúcar e quase nenhuma gordura, sendo indicada para qualquer tipo de dieta. É contraindicada apenas para pessoas que tenham o aparelho digestivo delicado ou com problemas intestinais.

Como Consumir a Goiaba?

A goiaba é utilizada em diferentes produtos derivados, tais como goiabadas, doces, sucos, geleias, sorvetes e outros. Mas os nutricionistas aconselham que ela deva ser comida crua para um melhor aproveitamento dos seus nutrientes.

Deve ser consumida assim que iniciar o processo de maturação, pois se muito madura pode não ativar seus nutrientes. É importante guardar a fruta em temperatura ambiente ou na geladeira em locais menos frios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *